sábado, 27 de dezembro de 2008

REMANDO CONTRA A MARÉ

É complicado seguir uma tendência que não é a da maioria. Quantas vezes já se sentiu diferente, excluído ou sozinho, por não agir de acordo com a maioria? Tenho certeza que pelo menos uma vez... O que fazer nessas horas? Anular-se? Fingir ser o que não é? É bem verdade que o ser humano é um ser social e que para tanto deve ser maleável, mas é necessário saber o limite entre a maleabilidade e a anulação de personalidade pois, conforme já disse em outro texto aqui no blog, anular-se pode, inclusive, AFASTAR as pessoas. O "ponto ideal", na minha humilde opinião, é aquele em que a convivência com os outros torna-se saudável e não "fere" a nossa personalidade. Como fazer isso? Conheça BEM a si próprio e veja quais pontos você pode abrir mão, ( que são aqueles que não vão de encontro aos seus valores) e faça isso, quando necessário; quanto ao restante, defenda-os com "unhas e dentes", afinal, como também já foi dito aqui, os outros TAMBÉM têm de te aceitar como você é! Ninguém é melhor ou pior do que ninguém!

Com carinho,

Márcio Aragão

Um comentário:

Mistérios, Magias ou Milagres. disse...

concordo plenamente com você.
Seu blog é muito bom. Parbens.