segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

"Para ser bom, acerte sempre, para ser ruim, erre apenas uma vez"

Esse foi um dos conselhos que meu falecido pai me deu, e confesso que, embora cruel, reflete a triste realidade do mundo hoje.  Porque isso acontece? As pessoas exigem perfeição e se falhamos, no mínimo, ficam com o famoso "pé atrás". É preciso entender que nem Jesus agradou a todos e nós, como humanos que somos, estamos sujeitos a erros. Importante: O QUE DEFINE O CARÁTER DE UMA PESSOA NÃO É A QUANTIDADE DE ERROS QUE ELA COMETE, MAS SIM SE ELA TEM A CAPACIDADE DE APRENDER COM ESSES ERROS.

Tenha a capacidade de perdoar e lembre-se que da mesma forma que aquela pessoa errou com você, você provavelmente já errou com ela. Qualquer tipo de relacionamento, seja namoro, amizade, coleguismo, consiste em troca de experiências e aprendizado. Pense nisso.

Com carinho,

Márcio Aragão

Nenhum comentário: